TOQUE DA CIDADE EM ÁUDIO, VÍDEO E A CORES

As famílias atingidas pelos deslizamentos de terra ocorridos na Baixada Santista receberão R$ 1 mil como apoio pelos prejuízos sofridos.

O governo do estado contribui com R$ 300 e cada prefeitura, com R$ 200. 

As administrações municipais ficarão responsáveis por cadastrar as famílias necessitadas. O aluguel social será pago por até 12 meses.

Segundo a Secretaria de Estado da Habitação existem 3.273 moradias populares programadas ou em construção em Santos, São Vicente e Guarujá. A pasta diz que o investimento é de R$ 300 milhões.

Postar um comentário

0 Comentários