TOQUE DA CIDADE EM ÁUDIO, VÍDEO E A CORES

Respiradores são confiscados em empresa de Cotia pelo Vice-prefeito e Secretário de Segurança...

Nesta sexta-feira (27) o Vice-prefeito e Secretário de Segurança Almir Rodrigues, acompanhado de Guardas Civis Municipais, esteve na empresa Magnamed estabelecida no munícipio de Cotia para confiscar 35 equipamentos respiradores hospitalares.

"A Magnamed é uma das três fabricantes desses equipamentos no país. Em 19 de março, um ofício do Ministério da Saúde determinou que o estoque e a produção dos seis meses seguintes da empresa seriam vendidos ao governo federal." (Trecho Matéria Veja)
  
Cabe ressaltar que essa ação do Ministério da Saúde seria para manter centralizado as distribuições dos equipamentos de forma que o Ministério iria disponibilizar de acordo com a necessidade, evitando-se que Estados ou Municpios fiquem sem ser atendidos.

"A Prefeitura de Cotia conseguiu uma decisão provisória nesta sexta-feira (27) para garantir a aquisição de respiradores hospitalares produzidos pela empresa Magnamed, especializada em aparelhos para ventilação pulmonar para UTIs e transporte de emergência. Os equipamentos são essenciais para o enfrentamento da pandemia de coronavírus.

A liminar da Justiça Federal derruba ofício federal pelo qual o Ministério da Saúde havia requisitado todo o estoque de respiradores e a produção dos próximos 180 dias da Magnamed." (Trecho Matéria Folha Uol)
Funcionários da Magnamed trabalham na fabrica da empresa, em Cotia (SP)
Nas redes sociais o Prefeito se pronunciou:

"Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para salvar vidas e minimizar o impacto do coronavírus em nossa cidade. Hoje, obtivemos uma vitória importante na Justiça. Estou aqui para defender os interesses de todos que vivem em Cotia. Contem comigo."
Em nota a empresa Magnamed sobre o episódio:
“A Magnamed vem a público informar que a sua unidade de produção de ventiladores, usados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), em Cotia (SP) foi invadida pelo vice-prefeito de Cotia (SP), Almir Rodrigues. Nessa ação, foram levados 35 equipamentos, que AINDA NÃO ESTÃO PRONTOS PARA ENTRAR EM OPERAÇÃO. Portanto, colocá-los em funcionamento significa por em risco os pacientes que, porventura, forem tratados em UTIs que possuam esses ventiladores.
A Magnamed informa também que já tomou as devidas providências, como registro de Boletim de Ocorrência, e o consequente alerta junto ao Ministério Público. E espera que as autoridades constituídas adotarão as medidas necessárias.
Nós, da Magnamed, nesse momento tão difícil no País, continuaremos produzindo ventiladores usados em UTI, mantendo o nível de excelência. E temos trabalhado com a capacidade máxima para atender nossos clientes e, por consequência, ajudar no combate aos efeitos da Covid-19 no Brasil.

Nossa missão sempre foi e continuará sendo ajudar a preservar vidas”.

Fontes:

https://vejasp.abril.com.br/cidades/vice-prefeito-de-cotia-confisca-respiradores/?utm_source=whatsapp
https://www1.folha.uol.com.br/amp/cotidiano/2020/03/prefeitura-de-cotia-sp-consegue-liminar-para-comprar-respiradores.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha&__twitter_impression=true
www.toquedacidade.com.br
Cotia /SP



Postar um comentário

0 Comentários